segunda-feira, 18 de outubro de 2021
Início Giro Rápido Governador Wellington Dias trata sobre Atlas Solar do Piauí

Governador Wellington Dias trata sobre Atlas Solar do Piauí

O governador Wellington Dias tratou, em reunião nesta segunda-feira (12), no Palácio de Karnak, sobre a criação do Atlas Solar do Piauí. A Associação Piauiense das Empresas de Energia Solar (Apisolar) apresentou a proposta da ferramenta, no qual constará o potencial energético do estado, a fim de atrair investimentos no setor.

Por se destacar na geração de energias renováveis, o Piauí tem atraído cada vez mais empresas e investidores que enxergam o grande potencial da região. No documento, serão disponibilizadas informações precisas sobre a irradiação solar no estado, bem como outros dados técnicos imprescindíveis para a confiabilidade e economia na geração de energia solar elétrica ou térmica. Além das potencialidades do estado nessa área, com os projetos instalados, os que já estão em andamento.

O estudo e disponibilização dos dados será realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis (Seminper), em parceria com a Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação (Fadex). “O estudo será feito em parceria com a Fadex e com a Secretaria de Minas e Energias para que se tenha o Atlas Solar do Piauí”, destacou o chefe do executivo estadual.

O secretário da Mineração, Wilson Brandão, ressaltou a importância do Atlas. “O Piauí, hoje, é uma vitrine para o Brasil com relação a energias renováveis. Então, precisamos apresentar para o Brasil e para o mundo nosso potencial e como poderemos fazer isso? Por meio de um Atlas solar e eólico. Assim, estamos dando um passo inicial para isso, tratando com membros da Apisolar, da Universidade Federal do Piauí e Seminper para iniciar as tratativas e buscar a preparação dos dados técnicos, de tudo aquilo que seja necessário para colocar no Atlas e possamos então apresentar a empreendedores e aqueles que estejam interessados em investir no Piauí”, disse o gestor.

O objetivo é fazer um mapeamento do potencial da energia solar no estado para planejamento e construção de usinas solares FV e termoelétricas. A partir daí, disponibilizar as informações organizadas e avaliadas como um diferencial de negócios para atração de empreendimentos solares no estado.

“O Atlas é uma das ferramentas que vai proporcionar às empresas nacionais e internacionais ao analisar o Piauí, um estado bom para investimento, tanto campo solar como também no campo eólico. O Atlas também vem como um complemento a essa malha, que já está estrangulada e precisamos ampliar o número de subestações e que seja essa ferramenta que vai favorecer novos investimentos no estado”, afirmou Jean Cantalice, presidente da Apisolar.

O projeto prevê a criação do Atlas em meio físico, um programa de visualização dos mapas em Sistema de Informação Geográfica (GIS), um banco de dados solarimétricos e meteorológicos e cursos de capacitação. A previsão para entrega é em 12 meses.

Isenção Fiscal

Na reunião, foi discutido também a isenção fiscal para empresas do setor de geração de energias renováveis, como estímulo ao setor. “Tratamos também sobre um pedido de isenção de energia solar para fomentar e melhorar o setor, além de reativar a economia, que está fragilizada por conta da crise sanitária que vivemos”, declarou o Jean Cantalice.

“Tratamos sobre uma política de financiamento, a partir da nossa Agência de Fomento, que estimule pessoas físicas e servidores públicos na geração de energia solar. Vou tratar com a Sefaz e com o colegiado dos procuradores uma agenda sobre uma política fiscal adequada a esse estímulo ao setor de energias renováveis, especialmente de energia solar”, afirmou Wellington Dias.

Sinergia Piauí

Por fim, o governador acertou, a realização de um evento voltado para atração de investimentos em energias renováveis, o Sinergia Piauí. “Trabalharemos em uma perspectiva da realização do evento com o Consórcio Nordeste”, confirmou o gestor estadual.

O evento deverá acontecer quando a situação da pandemia permitir. “Conversamos sobre a criação do Sinergia Piauí, junto com o Consórcio Nordeste, para juntarmos energia solar e energia eólica e lá nesse evento darmos um número maior de oportunidades de negócio, de cases que já deram sucesso e que precisam continuar. Provavelmente em outubro ou novembro já deveremos ter a data do evento”, detalhou o presidente da Apisolar.

Fonte: CCOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Jovem é executada a tiros no quintal de casa em Parnaíba, Litoral do Piauí

Uma jovem identificada apenas como Débora, foi morta a tiros nesta sexta-feira (15/10) no quintal de uma residência localizada no cruzamento das Ruas Tabajara...

Mostra PIAUÍ-RIO promove o Estado do Paiuí para os cariocas

RIO DE JANEIRO – A partir desta quinta-feira (14), o Sebrae no Piauí convida cariocas, fluminenses e visitantes do Rio de Janeiro a conhecerem as...

Superman dos anos 90, Dean Cain critica herói bissexual em nova edição

Dean Cain, que interpretou o super-herói na série de televisão dos anos 1990 “Lois & Clark: As novas aventuras do Superman”, disse à Fox, na...

Trabalhadores nascidos em agosto podem retirar hoje o auxílio emergencial

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em agosto podem sacar,a partir de hoje (14), a sexta parcela do auxílio...

Recent Comments