12/07/2024

Polícia prende seis suspeitos da morte de PM Agamenon Dias em posto de combustível

A Polícia Militar conduziu seis suspeitos de participação na morte do policial militar Agamenon Dias Freitas Júnior, de 31 anos, para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O crime aconteceu na madrugada deste domingo (04), em um posto de combustível na Avenida dos Expedicionários, na zona Sudeste de Teresina.

“Foi instaurado um inquérito para apuração do fato. Toda a dinâmica do crime já foi entendida, toda motivação e isso será esclarecido pelo DHPP, que dará os detalhes Não iremos declinar para não atrapalhar as investigações”, disse o Comandante-Geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Scheiwann Lopes.

A briga que culminou com o assassinato do PM foi filmada por populares, que estavam no posto no momento do crime.

Recebas as notícias pelo WhatsApp: https://acesse.one/CanalOParnaibano

Vídeos de todas as notícias em nosso instagram: https://www.instagram.com/oparnaibano/

Entre os presos está o homem apontado por atirar em Agamenon. A Polícia Militar confirmou a participação de menores no crime, a arma do policial foi encontrada com um dos suspeitos.

O Delegado-geral, Luccy Keiko, está no DHPP acompanhando a investigação do caso e lamentou a morte do soldado da PM e disse, ainda, que a polícia já alertado para o risco de eventos em postos de combustíveis e lojas de conveniência.

“Lamento, profundamente, a morte de um policial militar num local em que inclusive já havíamos alertado para a fiscalização desses locais, onde se registra a aglomeração de pessoas para o consumo de bebida alcoólica e uso de paredões de som a necessidade”, disse.

Segundo o delegado-geral, os proprietários de algumas das lojas de conveniências e postos de combustível já haviam reclamado da atuação da polícia para coibir aglomerações nestes locais.

“O que fica é que estamos no caminho certo. Houve reclamação por parte dos proprietários destes estabelecimentos, como se a polícia tivesse atrapalhando a atividade comercial deles, e não é nada disso. O que queremos é evitar justamente isso que aconteceu. E certamente o secretário, junto conosco, deve trabalhar para fazer um trabalho mais forte em torno deste tipo de aglomeração, esse tipo de evento, que causam essas tragédias”, disse.

Sobre a prisão dos seis suspeitos, o delegado-geral acredita que a Segurança Pública do Piauí atuou de forma rápida e eficiente.

“A polícia militar e a polícia civil deram uma resposta rápida a esse crime covarde. Os seis indivíduos que estão envolvidos neste crime foram presos, há um menor que será apreendido em flagrante. O indivíduo que atirou também foi preso. A arma do policial foi recuperada. A resposta foi dada, rapidamente, o inquérito será encaminhado à Justiça e eles vão ser responsabilizados por esse crime covarde”, finalizou.

Mulher ficou ferida na ação

A polícia também confirmou que uma mulher que estava com os agressores do policial também foi ferida à bala. Ela foi socorrida pela ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Ainda segundo a polícia, a mulher não foi ferida com gravidade e já teve alta hospitalar.

Recebas as notícias pelo WhatsApp: https://acesse.one/CanalOParnaibano

Vídeos de todas as notícias em nosso instagram: https://www.instagram.com/oparnaibano/